Vitórias Emblemáticas! Em 29 de Março de 1973, Botafogo vence o Palmeiras, pela Taça Libertadores da América!

Salve, salve, amigos alvinegros!
A data de 29 de Março está marcada na trajetória do Glorioso por uma vitória no Rio de Janeiro (RJ).
Em confronto válido pelo jogo extra de desempate do Grupo 2, o Alvinegro de General Severiano derrotou por 2×1 o Palmeiras no Maracanã.
O placar da partida começou a ser construído logo no primeiro tempo.
Aos seis minutos de jogo, o zagueiro palmeirense Luís Pereira acabou marcando contra, abrindo o placar para o Botafogo.
Já na segunda etapa, o meia Ademir da Guia empatou a partida, aos dezessete minutos.
O gol da vitória suada da equipe alvinegra veio a três minutos do fim, através do ponta Jairzinho, o Furacão da Copa de 1970.
Fim de jogo e a vitória classificou o Fogão para a fase seguinte da Taça Libertadores da América de 1973.
Naquela oportunidade, o Alvinegro de General Severiano foi a campo com: Wendell; Waltencir, Brito, Scala e Marinho Chagas; Carlos Roberto, Nei Conceição e Dirceu; Zequinha (Ferreti), Roberto (Fischer) e Jairzinho. Técnico: Sebastião Leônidas.
Já a equipe do Palmeiras entrou escalada com a seguinte formação: Leão; João Carlos, Luís Pereira, Alfredo e Zeca; Zé Carlos (Dudu) e Ademir da Guia; Edu (Ronaldo), Leivinha, Fedato e Nei. Técnico: Osvaldo Brandão.
Pela Taça Libertadores da América de 1973, Botafogo e Palmeiras fizeram parte do Grupo 2, ao lado dos uruguaios Nacional e Peñarol.
Chegando à fase semifinal, o Fogão compôs o Grupo 2, ao lado do Colo-Colo do Chile e do Cerro Porteño do Paraguai.
Na classificação geral da competição, o Alvinegro terminou na sexta colocação.
Destaque positivo da campanha do Botafogo foi o simbólico título de melhor ataque da competição, com 25 gols.

Deixe uma resposta

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies