Publicidade

Vasco 1 a 1 Flamengo – Abel ironiza empate do Vasco em pênalti aos 50min: “Estou achando graça”

Publicidade

“Estou achando graça até agora. Foi engraçado. A gente lamenta por causa da luta que teve, jovens jogadores, heróis, representaram a camisa. Mas é engraçado todos saíram com raiva, mas eu achei tudo muito engraçado…

… “Você tem as imagens, você vê antes do gol tem lateral nossa que dá contra. E um minuto antes, o cara empurra, para ele não ter dado isso não poderia ter dado pênalti nunca. Esse é o futebol do Rio, não tem torcida, abre no meio do jogo, depois não quer crítica…

“Esse árbitro aí é Fifa, né? Ele é f*, cara. Mas está engraçado, estou achando até agora. Estou orgulhoso, tomar empate 90 e tal e estou rindo. Tivemos respeito grande pelo nosso torcedor”

Abel, sobre arbitragem: “Jogador, direção, estão todos indignados. Porque você escutar agora um comentário de arbitragem de que houve um leve toque. Contra nós não foi falta. Mas estou achando engraçado, no Bruno (Henrique) não houve?.

.. “Vamos ficar sérios quando pensarmos em quarta-feira. À meia-noite vamos ficar sérios, até lá vou rir muito, te juro”

Abel, sobre atuação dos garotos: “Posso aproveitar qualquer um deles sem qualquer temor. O Juan foi muito feliz no vestiário, disse que fomos corajosos de colocar uma equipe com muitos garotos, terminamos com seis da base

“Meninos que o torcedor pouco conhecia e ganharam gordura, esse é um jogo bom para amadurecer. Então tenho uma tranquilidade grande para frente, e uma dor de cabeça também”

Abel, sobre LDU: “Agora quarta-feira é tudo diferente, outra competição, onde um pênalti desses não vai existir nunca. Esse tipo de falta ao lado da área não vai existir. Jogo é jogado, encostar sempre é falta? Parecia estava com fio desencapado, encostava e dava falta…”

“Quarta-feira está em jogo a liderança do grupo, a LDU tem uma tradição de sempre fazer bons resultados aqui, fui feliz ano passado de ganhar deles. Importante é ter tido consciência não de poupar, mas de preservá-los..

Abel, sobre chances perdidas: “Já me perguntaram se me incomodava tomar gol todo jogo. Sempre fazendo três, quatro, então não. Mas tem jogos que realmente… Contra o Fluminense tivemos três chances muito claras, uma de quatro contra dois, e não finalizamos a gol.

“É assim, uma hora vai entrar. Foi uma partida muito boa, como nosso gol foi lindo. Depois essa última jogada do Rodinei, uma pena. O jogador do Vasco estava batido, mas ele viu o gol aberto e chutou, a bola bateu nele. Isso fiquei triste, Rodinei chegou a chorar…

Abel, sobre elenco: “Quando começa o ano disse que todos vão ser usados. Aí eles podem pensar: ‘Todo treinador fala isso’. Hoje poderia por exemplo deixar três ou quatro, mas tinha medo porque nossa fisiologia é muito boa.

“Estamos sem o Ninho, onde a recuperação é sempre muito mais rápida pós-jogo, e estamos levando na unha. Esse é um grupo que, quando apita final do treino, não vai para casa, fica mais 45 minutos, uma hora..

Eles chegam sempre uma hora antes para trabalho de prevenção, e estamos sem isso agora também. Houve um acúmulo alto, tomaram um pau no treino hoje e vão estar preparados para quarta-feira. Vamos voar de novo. Voamos na altitude, agora vamos tentar voar baixo

Abel, sobre Thuler: “Não vou trabalhar a cabeça dele porque para mim não foi pênalti. Fiquei analisando o lance do Bruno Henrique na linha de fundo, a dois metros do bandeira. O juiz, esqueci o nome dele… (a imprensa responde “Wagner”). Eu sei, estou de sacanagem

.. Acha que vou falar o nome dele? Ele não deu falta porque está sempre mal colocado. Repare que se o Thuler toca, o jogador já está caindo. Pelo amor de Deus. O que teve de falta ao lado da área, em frente da área, foi uma grandeza. Mas isso estou achando engraçado…”

Quem tem que tomar providência é a direção do clube. O Thuler pode estar tranquilo, fez uma partidaça. Vem destreinado, jogou o último jogo do Sul-Americano, começou a treinar sentiu o pé, demos uma semana de folga para ele e o Lincoln.

“Agora foram três dias de treino para o jogo, e suportou. Acha que vou chamar a atenção dele? Tenho que fazer carinho nele, assim que eu ganho o jogador”

 

Gustavo

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas