ULISSES SANTOS – INTER 1×0 SÃO PAULO: Vitória deixa equipe às portas do G4

Em noite chuvosa e fria, equipe colorada derrota o tricolor do Morumbi e agora tem todas as atenções para a final da Copa do Brasil

Depois de vencer o Cruzeiro pela semi-final da Copa do Brasil, e garantir presença na final do torneio, o Inter voltou a campo, na chuvosa noite deste sábado, contra o São Paulo. Para entender como foi a vitória contra o Cruzeiro, clique aqui.

PRIMEIRO TEMPO

A partida contra o São Paulo iniciou  com as equipes fazendo uma disputa de meio-de-campo.  As oportunidades de gol eram escassas para ambas as equipes. Até os 20 minutos de jogo, pode-se dizer que houve domínio do tricolor do Morumbi. A partir deste momento, o Inter “entrou” em campo e passou a dominar a partida com atuação destacada para os atacantes colorados.  A etapa inicial teria seu encerramento sem maiores ações ofensivas.

SEGUNDO TEMPO

A partida foi reiniciou como se não tivesse havido o intervalo. O domínio colorado permaneceu durante toda a segunda etapa, chegando ao ponto da equipe do São Paulo não ter uma só oportunidade na etapa final.  As modificações realizadas pelo treinador Odair Hellmann deram os melhores resultados imaginados. Wellington Silva, Edenílson – o Super Ed – e Neílton fizeram a equipe colorada acampar na área são-paulina. O  segundo tempo foi o famoso “ataque contra defesa”.

Wellington Silva foi um destaque importante na partida pois infernizou a defesa paulista chegando, inclusive, a fazer um cabeceio perigoso entre a zaga da equipe adversária.  O jogadores do ataque colorado seguiam dando dor de cabeça aos zagueiros são-paulinos tendo inclusive um pênalti em Guilherme Parede não marcado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique.

Mas a justiça no placar não tardaria a ocorrer: no lance seguinte, aos 30 minutos, em uma cobrança de falta executada por Rafael Sóbis, a bola desvia nas mãos do jogador da equipe adversária, dentro da área.  O escanteio, que seria cobrado não o foi por opção do árbitro ao ser chamado pelo VAR. Marcelo de Lima Henrique foi ao monitor e, rapidamente, tomou a decisão depois de fazer o gestual característico e apontar para o interior da área. Pênalti marcado, Sóbis cobra, tirando do goleiro, para delírio da torcida colorada mundo afora: 1 a 0.

Sóbis prepara a cobrança da penalidade que daria a vitória colorada.

No restante da partida o Inter seguiu pressionando o São Paulo perdendo, inclusive, outras oportunidades de ampliar o placar.

Para ver os melhores momentos, clique aqui.

Agora, tudo é decisão. Na próxima quarta-feira, 11/09, começaremos a decidir a Copa do Brasil contra o Athlético Paranaense na Arena da Baixada. O segundo jogo ocorrerá no dia 18/09 no Beira-Rio.

Saudações Coloradas,

Ulisses B. dos Santos

Crédito das imagens: Ricardo Duarte (site oficial do Sport Club Internacional)

1 comentário
  1. Professor Viégas Diz

    Muito boa resenha Ulisses, não assisti, mas escutei no rádio!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso