Tenório articula formação de chapa e Xerez pode vir como vice-geral

Grupo contaria com apoio de ex-vice de projetos especiais Pedro Antônio

Na última semana, o anúncio da saída de Ricardo Tenório do chamado Triunvirato acabou surpreendendo a todos no Fluminense. Naquela ocasião, Ayrton Xerez, que já havia declarado oficialmente a sua candidatura, revelou a possibilidade de abrir mão de concorrer à presidência do clube se o ex-adversário tivesse a intenção de suceder Pedro Abad e, pelo jeito, isso irá realmente acontecer. Segundo informações não-oficiais, ambos já vêm articulando a formação de uma nova chapa para participar do pleito do Tricolor das Laranjeiras.

Caso se confirme tal união, Tenório encabeçaria a chapa e Xerez seria o nome indicado para a vice-presidência geral do Fluminense. Os dois teriam o apoio de Pedro Antônio. O ex-vice de projetos especiais não faria parte da diretoria, mas daria o suporte necessário para o grupo se sair vencedor nas próximas eleições.

Confirmando a união, Ricardo Tenório e Ayrton Xerez enfrentariam a Associação Nacional Tricolor de Coração, que apoia Mário Bittencourt e Celso Barros. Ainda não data para as eleições presidenciais do Fluminense. Lembrando que elas aconteceriam na segunda quinzena de novembro, mas, através de Assembleia Geral no último dia 26 de janeiro, acabaram sendo antecipadas.

Continua após o anúncio

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas