Será que o Campello tem razão, Fluminense?

Presidente do Vasco acusou o Tricolor de se contentar com migalhas em relação ao Maracanã

Alexandre Campello, presidente do Vasco (Foto: portal Net Flu)

Na semana passada, por ocasião do anúncio da nova gestão do Maracanã para Flamengo e Fluminense, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, revelou que iria contestar essa decisão do Governo do Rio na Justiça e acusou o Tricolor de se contentar com migalhas. Tal depoimento do mandatário cruzmaltino foi encarado, pelo torcedores do clube das Laranjeiras, como um “choro de perdedor”, mas será que ele não tem razão?

A indagação acima é proveniente de uma informaçao qual recebi, a mesma do brilhante Marcelo Jorand, de que, na verdade, tudo não passou de um jogo de cena. Como assim? Em primeiro lugar, o presidente do Fluminense, Pedro Abad, não estaria impedido de assinar um contrato com órgão público por ser auditor fiscal? Como ele poderia ter firmado um acordo com o Governo Estadual? Ou então? Aquele documento que assinado pelo mandatário tricolor não teria sido com o Flamengo?

Independente dos questionamentos acima, também soube, por fontes de dentro da Gávea, que o Fluminense não é visto, pelo Flamengo, como parceiro, ou seja, dentro dos bastidores, o Rubro-Negro é encarado como o dono exclusivo do Maracanã pelos próximos seis meses e, inclusive, já vem elaborando personalizar o Maracanã com as suas cores, desde as cadeiras até outros setores do estádio. Ainda segundo essas informações, tal medida só será feita depois da Copa América por conta de um pedido de Abad, que declarou estar saindo do Fluminense agora em julho e gostaria de deixar as Laranjeiras com mais moral perante aos tricolores.

Como prega o bom jornalismo, o autor dessa coluna, no caso, eu, Maximilian Pimenta Cabral, está aberto para qualquer palavra oficial do Fluminense Football Club sobre o assunto Maracanã. Afinal de contas, a insttuição e, principalmente, o seu torcedor merecem respeito.

Continua após o anúncio

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas