REVISTA ESPORTIVA
redacao

Segundo portal, Fluminense não pensa em demitir Odair Hellmann

Globoesporte enumera razões para treinador ser mantido nas Laranjeiras

1

Mesmo com a insatisfação total por parte da torcida, Odair Hellmann seguirá no Fluminense. De acordo com o Globoesporte, o treinador continua tendo prestígio, junto ao presidente Mário Bittencourt e a todo o departamento de futebol, para comandar o time nesse restante de temporada.

Segundo o portal, a diretoria se baseia em cinco argumentos para não realizar uma troca no comando, independente das eliminações precoces tanto na Copa do Brasil quanto na Copa Sul-Americana:

1- A consistência de resultados de Odair quando dirigia o Internacional-RS. Na ocasião, em quase dois anos, obteve um aproveitamento de 60,34% (61 vitórias, 27 empates e 28 derrotas), números que não geraram título, mas tiraram o Colorado da Série B, em 2017, e no ano seguinte, levaram a equipe gaúcha a conquistar uma vaga na Taça Libertadores da América. Até o momento, pelo Flu, o treinador disputou 37 jogos, tendo 17 vitórias, oito empates e 12 derrotas, representando 53,1% de aproveitamento.

2- Odair é visto como um bom gestor de vestiário. A diretoria alega que o “Papito”, forma de como é chamada pelos jogadores, tem bom relacionamento com os jogadores e consegue manter um ambiente positivo. sabendo controlar as vaidades.

3- Os anos de formação como treinador nas categorias de base do Inter no currículo também pesam a favor do técnico. Diante das enormes dificuldades por que passa o Fluminense, a diretoria acredita que Odair tenha capacidade de identificar potenciais dos jogadores formados em Xerém para serem utilizados nos profissionais.

4- Odair continua indicando jogadores para serem contratados, como o recém-chegado lateral-esquerdo Danilo Barcelos e o quase certo Lucca, ex-atacante do Corinthians.

5- Para encerrar, a diretoria entende que uma mudança de comando só atrapalharia os rumos do time, usando o passado recente, onde, nos últimos cinco anos, foram 15 trocas no comando e, no final, o Flu só conquistou a Copa da Primeira Liga, em 2016.

1 comentário
  1. Moisés Diz

    Tirar da série B, será que é isso que nosso presidente tá planejando, cair pra série B e depois usar o Odair pra subir? Porque as duas oportunidades mais fáceis que tinha de ir pra libertadores ele já jogou fora, ficou com a mais difícil que é o Brasileirão, e mantendo jogadores como o Egídio no time a tendência é cair. Parar de pagar sócio torcedor, viu? Porque entregar dinheiro pra gestor fazer besteira, só mesmo em imposto e isso porque sou obrigado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.