Sede da decisão da Libertadores, Peru terá greve geral no dia 21 de novembro

Movimento exigirá um maior investimento na educação daquele país

Mais um imbróglio político envolvendo a decisão da Taça Libertadores da América. Através do Twitter, o movimento Wayka Peru programa uma greve geral para o próximo dia 21 de novembro, dois dias antes do confronto entre Flamengo e River Plate no Estádio Nacional de Lima. O motivo da paralisação seria exigir um maior investimento na educação por parte do governo federal daquele país.

Veja, abaixo, a convocação do movimento peruano:

Inicialmente, a decisão da Libertadores iria ser realizada no Estádio Nacional de Santiago, no Chile, mas o território andino sofre, há cerca de um mês, com protestos generalizados da sua população contra a desigualdade social. Diante da insegurança, a Conmebol optou, após uma longa reunião de quase cinco horas nesta terça, por transferir o local da final do torneio sul-americano.

Na cidade de Lima, Flamengo e River Plate irão protagonizar a primeira final da Taça Libertadores em jogo único. Na edição de 2020, o palco da decisão será o Maracanã.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso