REVISTA ESPORTIVA
redacao

Salário mínimo? Robinho é anunciado pelo Santos; veja valores

A vontade de Robinho, 36 anos, em terminar a carreira no Santos, morando em um condomínio de luxo no Guarujá, é enorme.

0

Depois de dizer que o clube não tinha condições financeiras de contratá-lo, o presidente Orlando Rollo se reuniu com Marisa Alija, advogada e representante do jogador, e ouviu que o atacante está disposto a receber R$ 10 (Dez reais) por mês até o fim de 2020, num contrato de dois anos (o valor, então, seria alterado no início de 2021).

No entanto, a legislação trabalhista impede que qualquer trabalhador receba R$ 10,00 mensais. A informação foi divulgada pelo Blog do Ademir Quintino.

Em nota oficial, o presidente Orlando Rollo destacou a urgência pela assinatura do contrato, prevendo nova proibição de contratações por parte da Fifa. Por isso, marcou reunião para as 12h deste sábado.

O Santos havia iniciado negociações com Robinho nos últimos dias, mas o presidente Orlando Rollo disse, na sexta-feira, que não poderia contratar o atacante por questões financeiras.

“É uma situação difícil para o Santos e o Robinho. É com dor do coração que falo que, hoje, a gente não pode contratar ele. Temos que ter consciência, responsabilidade”, disse Orlando Rollo.

Robinho estava livre no mercado desde a saída do Istanbul Basaksehir, da Turquia, no meio do ano, e já sabia do interesse do Santos em contratá-lo.

Robinho, inclusive, recebeu sondagens no período em que estava sem clube, mas nenhuma avançou. O atacante, então, seguiu em Santos à espera de uma investida mais concreta do Peixe que aconteceu neste sábado.

O Moleque da vila, assinará contrato até o fim do Campeonato Brasileiro. Com reuniões de últimas horas, neste Sábado (10/10), Robinho e Santos chegaram à um acordo financeiro:

O jogador terá um salário mínimo até o final de 2020 (Hoje R$1.045,00), mais bônus de R$300 mil após 10 jogos disputados e mais R$300 mil após 15 jogos. O clube terá a preferência de renovar seu contrato por mais 1 ano e 7 meses.

Os valores serão pagos pelo ex-presidente do clube e atual presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Teixeira. Ele se ofereceu a pagar porque sabe que o Santos deve mais de R$ 300 milhões.

O Santos terá até a próxima Segunda-feira (12/10) para inscrever Robinho junto à CBF, isto porque, no dia seguinte (Terça-feira), passará a valer a punição do clube pela FIFA, por causa da dívida de US$ 3,4 milhões (R$18 milhões), com o Huachipato, do Chile, pela contratação de Soteldo. Assim então, o Peixe não poderá fazer novas contratações.

Robinho terá sua quarta passagem pelo clube, disputou 246 jogos, marcando 109 gols e sendo uma das estrelas do Peixe nas conquistas do Brasileiro de 2002 e 2004. Após isso, conquistou o Campeonato Paulista de 2010 e 2015 e a Copa do Brasil em 2010.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.