Renato Portaluppi Fala sobre demissões dos médicos do Grêmio e manda recado para Pedro Ernesto Denardim

“Se eu mandasse no Grêmio como as pessoas falam eu iria aumentar todos os meses meu salário. Sempre me dei bem com todos os médicos do Grêmio. Quem sou eu para pedir demissão de A, B ou C? As pessoas tem que parar de falar que eu mando no Grêmio”.

“Pedro Ernesto, na boa, eu vou mandar uma bola de cristal para você, toda hora está me colocando em algum clube, já me colocou no Flamengo, hoje me coloca na seleção do Uruguai, pô cuidado que daqui a pouco vou querer teu lugar na RBS hein, fica ligado aí. Eu tô muito feliz aqui no Grêmio.

“Não foi uma decisão rápida nem foi tampouco uma decisão. Todas as circunstâncias são decisões internas e debatidas e não foi decisão do treinador, foi um consenso. E daqui para frente quando o assunto diz respeito apenas ao Grêmio em respeito de todos aqueles que estão envolvidos, o assunto terminou poque é um episodio interno e já resolvido. Não vamos polemizar porque não há interesse externas, apenas internas e para não ter dúvidas, eu participei dela. Por nossa parte o assunto está encerrado.”

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies