Presidente do Avaí confessa desejo de Valentim de ir para o Botafogo, mas nega facilitar liberaçao

Mandatário só abrirá mão de treinador se cariocas pagarem multa

Em entrevista ao repórter Edgard Maciel de Sá, do Globoesporte, o presidente do Avaí, Francisco José Battistotti, revelou já ter conversado com Alberto Valentim e o treinador confessou o desejo de se transferir para o Botafogo. O dirigente, porém, voltou a enfatizar que o profissional só será liberado se houver o pagamento da multa rescisória por parte do clube carioca.

“Valentim quer ir para o Botafogo, mas ainda não recebi o retorno do clube sobre a questão da multa. Ele tem contrato e o mesmo prevê uma multa rescisória. O Avaí sempre cumpre seus contratos e quer que o mesmo seja cumprido”, disse Battistotti.

Tendo passado pro General Severiano, onde foi campeão carioca de 2018, Alberto Valentim é o preferido para substituir Eduardo Barroca, demitido após a derrota de 1 a 0 no clássico do último domingo, no Nilton Santos, diante do Fluminense. Outro nome falado é o de Jair Ventura, que também já dirigiu o Botafogo. Enquanto isso, o Alvinegro segue comandado pelo auxiliar Bruno Lazaroni e se prepara para o jogo de sábado, às 21 horas (de Brasília), no Allianz Parque, contra o Palmeiras

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso