Por suspeita de corrupção no futebol, Globo é denunciada nos EUA

Emissora carioca teria pago propina para assegurar direitos de transmissão das Copas de 2018 e 2022

Na última terça, a Rede Globo de Televisão foi denunciada pelo Tribunal Federal de Nova Iorque. Segundo o órgão da justiça dos Estados Unidos, a emissora carioca estaria envolvida em um sistema de pagamento de propina para assegurar os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2018 (Rússia) e 2022 (Qatar).

Desde meados dos anos 1990, a “Vênus Platinada” exerce um monopólio das transmissões esportivos no território brasileiro. A exceção ficou por conta das Olimpíadas de 2012, em Londres. Naquela ocasião, do grupo, apenas o canal fechado Sportv tinha os direitos. No sistema aberto, o evento foi exibido pela Record.

Além da Globo, as autoridades norte-americanas citaram a Televisa (México) e a Fox (EUA).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site Web utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros e web beacons para melhorar a sua experiência online, permitindo-nos adaptar os nossos conteúdos para si com base nos seus interesses e nos seus hábitos de navegação. Ao continuar a utilizar o nosso site Web, você aceita a utilização de cookies e de web beacons pela nossa parte. Para obter informações sobre os cookies que utilizamos, para obter mais detalhes sobre como processamos os seus dados pessoais e para obter informações sobre como pode retirar o seu consentimento (que poderá fazer em qualquer momento), clique em ler nossas políticas Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies