Pessoa anônima pede dinheiro para não expor possíveis documentos comprometedores do São Paulo

Uma pessoas enviou e-mails ao São Paulo, ameaçando expor possíveis documentos que comprometem o clube, para manter sigilo o mesmo pediu R$1 milhão.

Nesta semana o São Paulo recebeu ameaças via e-mail, a pessoa se identificou como “Edward Lorenz” (nome do meteorologista que criou a tese do ‘Efeito Borboleta’ na Teoria do Caos, morto em 2008). Para não expor o clube, ele pediu R$1 milhão e o prazo para o pagamento é este domingo, 24 de novembro.

Segundo o autor dos e-mails, estes arquivos comprometem a diretoria, conselheiros, atletas e ex-atletas do clube. Em resposta aos conselheiros, também via e-mail, o São Paulo disse que as mensagens são “uma nova tentativa de fraude e extorsão”

Em 2017 o clube sofreu com uma situação idêntica. Uma pessoa identificada com o mesmo pseudônimo, ameaçou de expor documentos confidenciais, na tentativa de extorquir dinheiro do clube. O caso virou inquérito policial e segue investigação em segredo na justiça.

Após o clube explicar aos conselheiros o que havia acontecido, o autor dos e-mails respondeu e fez nova ameaça. “Edward” disse ter documentos que mostram uma suposta corrupção do presidente Leco. Em novo e-mail aos conselheiros, o clube manteve seu posicionamento sobre o caso e informou ter tomado os devidos encaminhamentos jurídicos.

A informação foi publicada em primeira mão pelo jornalista Marcelo Hazan, do globoesporte.com.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso