Publicidade

Pedro Antônio confirma encontro com Peter Siemsen, mas nega pedido para se candidatar no Fluminense

Segundo ex-vice de projetos especiais, ambos conversaram sobre questões judiciais

Publicidade

No final da tarde desta quinta, o Revista Esportiva publicou que Pedro Antônio havia almoçado com Peter Siemsen em um restaurante da Zona do Sul do Rio e teria ouvido um pedido de repensar a sua posição de não ser candidato a presidente do Fluminense. Um pouco mais tarde, o ex-vice de projetos especiais entrou em contato com o portal e apresentou a sua versão. Segundo ele, houve um encontro, mas a conversa foi quase totalmente voltada a questões do âmbito da Justiça.

“Estive em um almoço com um amigo e o Peter passou por lá ao final para falarmos sobre um assunto jurídico que estamos tratando. O assunto eleitoral não foi o centro da conversa, mas sim como o futebol mundial vem se modificando e os caminhos possíveis no Brasil. Sei que ele gostaria de que eu me candidatasse, mas ele sabe que não será quem pode influenciar em uma decisão minha. Sigo com a minha posição de que a solução para o Fluminense passa por projetos que olhem o futuro no todo e não nos detalhes, acusações e mi mi mi da política atual que ocorre em infelizmente no nosso Fluminense”, declarou Pedro Antônio.

Há cerca de um mês, Pedro Antônio divulgou uma carta e informou estar fora da política do Fluminense. No último dia 26 de janeiro, por intermédio de Assembleia Geral Extraordinária, decidiu-se antecipar as eleições presidenciais no clube das Laranjeiras, anteriormente marcadas para o final de novembro. Até o momento, o atual mandatário, Pedro Abad, não definiu a data do pleito. A tendência é de ele acontecer no próximo dia 30 de março.

Por: Maximilian Pimenta

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas