Palmeiras coloca preço para vender Roger Guedes

O Palmeiras não quer liberar Róger Guedes para o Porto por menos de 12 milhões de euros (R$ 55 mi). Esta foi a pedida dos paulistas pela venda do atacante de 21 anos.

Os portugueses informaram a Paulo Pitombeira, agente do jogador e intermediário da negociação, que gostariam de pagar até 8 milhões de euros (R$ 36,7 mi) pelo atleta e tentam um consenso com o dono dos direitos federativos do atleta. Os europeus tentam também parcelar o valor, o que não agrada aos paulistas.

Apesar das divergências, a negociação não foi encerrada. Pitombeira foi à Rússia na sexta-feira (6) para assistir à partida entre Brasil e Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo, mas já está de volta a Portugal para retomar as conversas com o Porto;

O estafe de Róger Guedes vê a mudança para Portugal com bons olhos e crê que esta é uma oportunidade única em sua carreira. A manutenção no Atlético-MG, entretanto, não está descartada pelos representantes do jogador.

Dono de 25% dos direitos econômicos do atacante, o Verdão quer receber 3 milhões de euros (R$ 13,7 mi) pelo atleta. O Galo tem direito a 10% do montante total do negócio como taxa de vitrine – 1,2 milhão de euros (R$ 5,51 mi) caso o pedido dos paulistas seja atendido. Esta fatia seria retirada do percentual do Palmeiras. O restante dos direitos (75%) pertence ao Criciúma.

O Porto não é o único clube que fez proposta por Róger Guedes. Além da equipe do Estádio do Dragão, Benfica, também de Portugal, Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, Al-Ahli e Al-Wehda, da Arábia Saudita, apresentaram oferta pelo jogador.

Aos 21 anos, o atacante é o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Em 12 partidas com as cores do Atlético-MG, ele marcou nove gols.

Por: Gustavo Henrique

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.