Odair Hellmann defende Leandro Damião após pênalti desperdiçado no último minuto: "É um dos batedores"

O Internacional perdeu a chance de se isolar na liderança do Campeonato Brasileiro na noite desta segunda-feira (17). A equipe comandada por Odair Hellmann, foi até a Arena Condá e, de virada, acabou derrotada pela Chapecoense pelo placar de 2 a 1. A partida contou ainda com um pênalti desperdiçado por Leandro Damião aos 49 minutos do segundo tempo.
Após o término da partida, o treinador Odair Hellmann avaliou a derrota do Internacional. Para o comandante, a efetividade do time da casa foi fundamental no resultado final.
“A efetividade que a Chape teve, pelo volume, pelas bolas aéreas. Em um cruzamento que o Eduardo já tinha conseguido pelo lado direito, e em uma tiveram a competência de fazer o gol. Tivemos a possibilidade com o Nico. No segundo, mais outras três. Tivemos a chance do 2 a 2. E o Jandrei ainda defendeu outra”, avaliou Odair Hellmann.
“A Chapecoense conseguiu fazer a virada. Jandrei fez a defesa do pênalti. Teve mais um pênalti que o juiz não teve coragem de dar no Moledo. Se não for, eu volto a falar em coletiva. O que não tira a derrota. Tivemos oportunidade de fazer o segundo e não fizemos. O jogo poderia ter sido empate, não seria injusto pelas últimas três situações perigosas. As chances reais, mais perigosas, nós tivemos. Mas eles tiveram mais volume. Na do gol, eles tiveram mérito. Foi um jogo altamente competitivo. É olhar para frente, para o próximo jogo temos que dar resposta”, completou o treinador Colorado.

Pênalti desperdiçado

O Internacional desperdiçou no último minuto da partida a chance de igualar o marcador e permanecer na liderança do Campeonato Brasileiro. Leandro Damião assumiu a responsabilidade de cobrar um pênalti, mas acabou errando a cobrança. Odair Hellmann defendeu o jogador.
“O Damião é um dos batedores de pênaltis, assim como o D’Ale, o Nico e o Pottker são. Infelizmente, ele perdeu. Caso tivesse começado a partida, ele poderia ter cobrado o primeiro e não o Nico”, justificou.
“O Damião vem de uma lesão na coluna, está retomando a sua forma. Na sexta-feira, ele teve um desconforto, mas jogou hoje. O Jonatan vem de jogos com bons resultados”, concluiu Hellmann.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies