Marta: O hexa é dela

A atacante Marta se consagrou como melhor jogadora do mundo pela FIFA nesta segunda-feira (24) em evento realizado em Londres. É o sexto prêmio da brasileira que se tornou a maior vencedora entre homens e mulheres.
“Eu realmente estou sem palavras, pois é um momento fantástico. As pessoas falam: você já ganhou tantas vezes e se emociona sempre. Sim, faço isso porque representa muito para mim”, afirmou Marta, muito emocionada, em seu discurso logo após a entrega do prêmio.
A camisa 10 da Seleção Brasileira já havia vencido em 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010, e com a consagração deste ano supera Messi e Cristiano Ronaldo, ambos com 5, e se distancia ainda mais da alemã já aposentada, Birgit Prinz, com três prêmios.
O caminho que levou a atleta de 32 anos ao The Best 2018 foi a conquista da Copa América em abril deste ano, classificando a Seleção à Copa do Mundo da França e aos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. Além de sua participação com o Orlando Pride na temporada passada onde foi vice-artilheira da NWSL com 13 gols e 9 assistências, e peça importante da equipe aos play-offs da liga americana. 
 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies