Mário se reúne com dirigentes e afastamento definitivo de Celso não está descartado

A princípio, vice-presidente geral não segue apenas para os jogos contra São Paulo e Inter

Celso Barros pode deixar a atual gestão do Fluminense ainda durante esta terça-feira. Nesse exato momento, o presidente do clube, Mário Bittencourt, está se reunindo com o diretor-executivo Paulo Angioni e o representante do clube nas Federações e que também trabalha no departamento jurídico nas Laranjeiras, Marcelo Penha, no Restaurante Azzurra, no Rio Design Barra, para avaliar a possibilidade de afastar o atual vice-presidente geral e homem-forte do futebol da agremiação verde, branco e grená.

Na última segunda, Celso, através de postagem no Instagram e entrevista ao Globoesporte, concedeu declarações polêmicas sobre o dia-a-dia do Flu dentro e fora de campo. Os principais pontos controversos foram o baxio aproveitamento da equipe quando era dirigida por Fernando Diniz e a insistência de Mário em continuar como Marcão sendo o treinador.

Por conta desse episódio, o vice geral, a princípio, ficou de fora dos dois próximos jogos do Tricolor contra São Paulo (quinta, no Morumbi) e Internacional (domingo, no Beira-Rio). Caso seja afastado definitivamente, estuda-se a possibilidade de se recriar a vice-presidência de futebol, função extinta após a posse de Mário Bittencourt.

Nesse cenário para lá de turbulento, o Fluminense tenta permanecer na Sèrie A do Campeonato Brasileiro. Com 31 pontos, ocupa o 17º lugar, abrindo a zona de rebaixamento da competição.

3 Comentários
  1. Jose luiz da costa gadelha Diz

    Dr.Mario Bittencourt, e muito facio afasra o Celso Bartos e me trás o dr.Pedro Antonio te garanto q vcs vão se dar certo e tem mais e o único q tem condições de construir uma arena para nossa instituição fluminense e o dr.Pedro Antonio…..st

  2. Marcos Diz

    Falando demais ao invés de apoiar ..Vamos bola pra frente vamos sair dessa.

  3. Carlos Roberto Diz

    Engraçado essa situação em que atravessando Fluminense,o atual presidente do clube,em descurso de posse,prometeu de cara reforçar a equipe e mudar tudo no clube,estamos em novembro e brigando contra o rebaixamento a série B,gente será que no Fluminense não tem dirigente responsável que conheça a história vencedora do clube? Porque não puxam os garotos da base e promovem um técnico da base também? Em Xerém temos o mais moderno centro de treinamento do Brasil,e ficam com aquela sede de gastar e o clube não tem se quer o patrocinador Master? O Fluminense é maior que imaginamos e tem gente que assumiu este ano com mentalidade de clube série D

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso