Mário decide manter Celso Barros afastado do futebol

Ao contrário do dito pelo presidente anteriormente, não haverá uma reunião para se definir o assunto

Ainda não é uma informação oficial, mas, segundo postagem do repórter Victor Lessa, da Rádio Globo, no Twitter, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, decidiu que o vice-geral Celso Barros permanecerá afastado do futebol.

Há um entendimento geral de que o ambiente no departamento de futebol ficou muito melhor após a saída de Celso. A conversa entre os dois, dita por Mário por ocasião do anúncio do afastamento do vice-geral, sequer deve ocorrer.

Celso Barros integrou a chapa de Mário Bittencourt, vencedora do último pleito, com a promessa de atuar diretamente no futebol, mas perdeu esse posto após realizar postagens altamente críticas ao que vinha acontecendo e dizendo-se traído por não estar sendo ouvido em algumas ideias. Com isso, o diretor-executivo Paulo Angioni passa a ser o responsável pela montagem do elenco para o próximo ano. Existe, inclusive, a possibilidade de ser reativada a vice-presidência de futebol.

Como foi eleito pelos sócios, Celso Barros não pode ser afastado da vice-presidência geral. Não se sabe, porém, se ele, sabendo que seguirá alijado do futebol, irá permanecer na atual gestão.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso