Mário Bittencourt permanece em Brasília para reunião sobre “clube-empresa”

Presidente do Fluminense foi convidado a participar do encontro na última quinta

Ao contrário do restante da delegação, que voltou ao Rio ainda no domingo após a vitória de 1 a 0 sobre o Corinthians no Mané Garrincha, em partida da 19ª rodada, última do turno do Campeonato Brasileiro, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, permaneceu em Brasília. Atendendo a um convite feito na última quinta por parte do deputado federal Pedro Paulo, o mandatário tricolor participará de uma reunião na capital federal. Na pauta do encontro, a proposta do político em relação ao futuro do ‘clube-empresa’.

“Almocei na quinta passada com o deputado Pedro Paulo e tivemos ótima conversa. Fiz algumas sugestões e ponderações as quais considero importantes, especialmente por ter atuado durante 18 anos como advogado nesta área desportiva. Ele vem se reunindo com outros presidentes de clubes e isso será fundamental para que os ajustes necessários sejam feitos.”, explicou Mário ao portal Globoesporte.

Trata-se do primeiro encontro da comissão que está sendo formada com representantes de diversas áreas para debater o tema, conforme foi divulgado, anteriormente, pelo Saudações Tricolores.

No dia o qual recebeu o convite para participar da reunião em Brasília, Mário Bittencourt foi à sede da CBF, no Rio, e também debateu sobre ‘clube-empresa’. Na ocasião, o presidente do Fluminense, ao sair da entidade, fez algumas ponderações sobre determinados tópicos do projeto, elaborado pelo deputado Pedro e apoiado pelo presidente do Senado, Rodrigo Maia. Dentre as críticas do mandatário tricolor, está a equiparação tributária dos clubes às empresas normais. Como associações sem fins lucrativos, os clubes pagam menos impostos fiscais.

Juntamente com Mário Bittencourt e Pedro Paulo, representantes do Tribunal Superior do Trabalho e outros dirigentes de clubes, como Vasco e Palmeiras, estarão presentes ao encontro no Distrito Federal.

 

1 comentário
  1. Carlos de Cristo Diz

    Eu sou muito a favor dessa medida em transformar os clubes em empresas! Todos os principais times do mundo são clubs empresas, Real Madrid, Barcelona etc e tal. Com essa medida se for implantada, qualquer investidor do mundo poderá investir na bolsa de valores, em nossos clubes, e ajudar a tirar os clubes dessas malditas dividas milionárias impagáveis que a cada ano vem para serem negociadas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso