Libertadores terá final em jogo único a partir de 2019

0

O anúncio oficial só deve ocorrer na quinta, durante reunião do conselho da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) em Punta Del Este, no Uruguai, mas, segundo informações de bastidores, já está tudo certo para a Taça Libertadores da América adotar a final em jogo único a partir de 2019. Uma outra inovação é que, nas duas primeiras edições, a mesma cidade será sede das finais.
A mudança vem sendo articulada desde o ano passado. De acordo com os dirigentes sul-americanos, conforme mostra a Liga dos Campeões da Europa, uma decisão em sede pré-estabelecida, mesmo que os protagonistas não venham a ser daquela cidade ou daquele país, seria uma atração para a população local. Além disso, não diminuiria a motivação das torcidas dos finalistas, que receberiam, cada uma, cotas fixas para se deslocarem em bom número.
Por isso, um dos principais fatores na escolha da cidade-sede será sua localização, assim como a malha aérea com a qual é contemplada. Diante dessas variáveis, a cidade, que surge como favorita para receber a primeira final de jogo único da história da Libertadores, é Lima, capital do Peru.

Deixe uma resposta

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies