Jogadores tiveram que empurrar ambulância em clássico que terminou empatado entre Vasco e Flamengo

Uma cena inusitada marcou o clássico movimentado na noite desta sábado em Brasilia, no clássico entre Vaco e Flamengo no Mané Garrincha. Aos 27 minuto do  segundo tempo, o volante vascaíno Bruno Silva se chocou com o companheiro de equipe Luiz Gustavo e caiu desacordado, sendo socorrido pela equipe médica e ambulância que estavam a postos.
Após 10 minutos de paralisação, Réver, do Flamengo foi até a porta do motorista para tirar satisfação sobre a demora para abandonar o local. O zagueiro então ouviu que o carro teria que precisar da ajuda dos jogadores para uma “empurradinha” para que pudesse pegar no trampo. O motivo: Um buraco no gramado causado pela roda do carro que ficou muito tempo no mesmo local, causando um atolamento.
Após receber a informação, Réver chamou os atletas das duas equipes para empurrar a ambulância, para que pudesse ser reiniciada a partida.

É amigo, quando você acha que já viu de tudo… …no futebol também acontece. É a vida!Após choque na cabeça de…

Posted by Revista Esportiva on Saturday, September 15, 2018

O Flamengo aproveitou o momento para fazer uma substituíção, saiu Vitinho para entrada de Berrio, mas o Vasco não pôde substituir o jogador que saiu com a ambulância, pois já havia feito a terceira substituição.
Antes do fato, Diego do Flamengo, recebeu cartão amarelo em uma falta e, simultaneamente ao reclamar levou outro, sendo este com vermelho de expulso da partida. Com a saída de Bruno Silva que teve que ir pro hospital, ambas equipes ficaram com 10 jogadores em campo.
Com gols de Andrés Rios para o Vasco e Luiz Gustavo contra, o jogo terminou empatado em 1 a 1. O resultado não foi bom para nenhum dos dois. O Flamengo segue na quarta colocação na tabela com 45 pontos, mas fica com o Grêmio na sua cola com 44, e pode ver os líderes Inter, São Paulo e Palmeiras se distanciarem até o final da rodada. Já o Vasco entrou na zona do rebaixamento e ocupa a 17ª colocação, com 25 pontos.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies