João Pedro faz dois e Fluminense goleia o Cruzeiro pelo Brasileirão

Foi a primeira vitória do Tricolor no certame atuando no Maracanã

0

Mais uma joia surgida da base de Xerém começa a dar frutos. Após garantir o empate de 1 a 1 com o Cruzeiro na última quarta pela Copa do Brasil, o garoto João Pedro voltou a entrar no segundo tempo e foi o principal responsável pelos 4 a 1 sobre o mesmo clube mineiro no confronto acontecido no Maracanã na noite deste sábado e que abriu a quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Foi a primeira vitória do Tricolor no Brasileirão de 2019 atuando no Maracanã. Com seis pontos, a equipe das Laranjeiras se iguala ao Cruzeiro, mas, nos critérios de desempate, ocupa o 8º lugar. Já a Raposa vem apenas na 12ª posição.

Pela Série A, Fluminense e Cruzeiro só voltam a jogar no domingo, dia 26 de maio. às 19 horas (de Brasília). Enquanto o time azul mineiro, no Mineirão, recebe a Chapecoense, a agremiação verde-branco-grená carioca vai até a Arena Fonte Nova, em Salvador, para encarar o Bahia.

Antes, na quinta, às 21h30 (de Brasília), o Fluminense, no Maracanã, inicia a sua participação na segunda fase da Copa Sul-Americana, medindo forças contra o Atlético Nacional de Medellin, da Colômbia.

O JOGO

Diferente da partida do meio de semana pela Copa do Brasil, quando adotou uma postura cautelosa, o Cruzeiro iniciou marcando em cima a saída de bola do Flu e buscando mais o ataque. A primeira chance, no entanto, foi dos donos da casa. Aos cinco minutos, Gilberto cruzou na área e Matheus Ferraz subiu para cabecear, obrigando Rafael a espalmar para córner.

A resposta cruzeirense veio em uma bomba de Rodriguinho. A bola passou rente ao travessão de Agenor.

Depois desse lance, o clássico ficou bastante equilibrado com os dois times apresentando dificuldades para chegar à meta adversária. Até que, no fim do primeiro tempo, Daniel Simões bateu escanteio da direita e Nino se antecipou a Léo para testar cruzado, sem chances para Rafael: Flu 1 a 0.

De cabeça, Nino abriu o placar (Foto: Felippe Costa)

Na volta do intervalo, Fred e Dedé se reuniram com os demais jogadores do Cruzeiro e bsucavam acertar os erros. A conversa, porém, não deu resultado. Antes do primeiro minuto da etapa final, Caio Henrique avançou esquerda e cruzou. A bola atravessou a área e chegou até Gilberto, que finalizou. Allan dividiu com Léo e, na sobra, Luciano passou por Rafael antes de empurrar para o fundo das redes.

Praticamente no lance seguinte, o Cruzeiro mostrou estar vivo. Aproveitando uma saída displicente do Fluminense, Fred recebeu na esquerda e tocou para trás. De dentro da área, Robinho encheu o pé. Nino se jogou para tentar cortar, mas não evitou o gol dos mineiros.

No decorrer do segundo tempo, o Cruzeiro se lançou mais em busca do empate. O Fluminense, por sua vez, procurava se defender e escapar nos contra-ataques. Em um deles, Gilberto quase marcou o terceiro em toque de cabeça, mas a zaga mineira afastou.

Pensando em matar o jogo, Diniz promoveu as entradas de Marcos Paulo e João Pedro nos respectivos lugares de Léo Artur e Luciano e a estratégia deu certo. Aos 37 minutos, Marcos Paulo achou João Pedro livre entrando pelo meio da defesa cruzeirense e o atacante esticou a perna para fazer o terceiro do Fluminense.

Já nos acréscimos, Marcos Paulo deu lindo chapéu na entrada da área, a bola sobrou para João Pedro, que limpou a marcação e fuzilou, decretando a goleada.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 4 X 1 CRUZEIRO

Data: 18/05/2019 (sábado)

Horário: 18h (de Brasília)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Alex Ang Ribeiro, todos da Federação Paulista de Futebol

Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes, da Federação Catarinense de Futebol

Renda:  R$ 253.360,00

Público: 11.437

Cartões Amarelos: Rodriguinho (CRU), Allan, Luciano (FLU)

Gols: Nino (43’/1ºT), Luciano (01’/2ºT), Robinho (03’/2ºT), João Pedro (37′ e 49’/2ºT)

FLUMINENSE: Agenor; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino, Caio Henrique; Allan, Daniel (Igor Julião), Paulo Henrique Ganso, Léo Artur (João Pedro); Yony González, Luciano (Marcos Paulo). 

Técnico: Fernando Diniz

CRUZEIRO: Rafael; Orejuela (Marquinhos Gabriel), Dedé, Léo, Egídio; Henrique, Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho (Deivid), Pedro Rocha; Fred (Sassá).

Técnico: Mano Menezes

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies