Irritados com diretoria, jogadores podem deixar o Fluminense após o fim da temporada

Tricolor ainda busca uma vaga na próxima Libertadores da América

0

O relacionamento com a torcida é sensacional. O mesmo, porém, não acontece no caso da diretoria. Irritados por conta das promessas não cumpridas e os constantes problemas financeiros, grande parte dos jogadores do Fluminense podem deixar o clube após o fim da atual temporada.

Os goleiros Júlio César e Guillermo De Amores, o lateral-direito Gilberto, o lateral-esquerdo Ayrton Lucas, o volante Jádson, o meia equatoriano Junior Sornoza e o atacante Marcos Júnior seriam alguns dos que não têm mais confiança tanto no presidente Pedro Abad quanto no gerente-executivo Paulo Angioni. Os também volantes Dodi e Richard também demonstram insatisfação, mas vêm sendo convencidos pelos seus respectivos empresários a terem um pouco mais de paciência.

Um dos líderes do elenco, o zagueiro Gum vem se reunindo com os atletas e buscado reverter o clima pesado nos bastidores. Outros que buscam apaziguar o ambiente são o volante Aírton e os atacantes Júnior Dutra e Kayke. Ironicamente, os dois últimos, segundo informações de bastidores, fazem parte de uma provável lista de dispensa.

Querendo se precaver de uma nova debandada, a cúpula do futebol do Fluminense já vem conversando para trazer reforços. João Ricardo (goleiro) e Aderlan (lateral-direito), ambos do América-MG, Lucas Mineiro, volante da Ponte Preta, e o retorno do centroavante Fred, atualmente no Cruzeiro, foram algumas das possibilidades de negócios para 2019.

Uma vaga para a próxima Taça Libertadores da América poderia transformar o ambiente. Para isso, o Fluminense necessitará ficar entre os seis primeiros do Campeonato Brasileiro ou conquistar o título da Sul-Americana. Na competição nacional, o Tricolor, com 40 pontos, ocupa, no momento, o 10º lugar. Já no torneio continental, está na fase de quartas-de-final, mas precisa reverter uma desvantagem de 2 a 0 sobre o Atlético-PR no duelo do dia 28 de novembro, às 21h45min (de Brasília), no Maracanã.

Max

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas