Internacional supera retranca do Ceará, assume o terceiro lugar e afunda equipe nordestina no Brasileirão

Foi complicado, mas o Internacional conseguiu passar pela retranca do Ceará e, na noite desta segunda, no Gigante da Beira-Rio, no encerramento da 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, derrotou o Alvinegro por 1 a 0 em jogo que marcou os retornos do meia D’Alessandro e do atacante Leandro Damião.
O resultado deu ao time gaúcho o décimo jogo de invencibilidade e a terceira posição da Série A com 26 pontos, quatro a menos em relação ao vice-líder São Paulo e cinco do atual primeiro colocado, o Flamengo. Na quinta-feira, o Colorado vai até a Arena Independência, em Belo Horizonte e, a partir das 20h (de Brasília), encara o América-MG.
ENquanto isso, o Ceará, lanterna da competição, somando apenas oito pontos, só volta a campo no sábado. Às 16h (de Brasília), no Presidente Vargas, recebe o Fluminense.
Com muitas dificuldades para superar o forte bloqueio do Ceará, o Internacional praticamente não criou na etapa inicial e só conseguiu marcar aos 28 minutos do segundo tempo. Depois de uma pressão na área, Leandro Damião escorou para Nico López. O uruguaio finalizou, Everson espalmou e William Pottker, livre, apenas empurrou para o fundo das redes.
No final, o Ceará, meio desordenado, tentou buscar o empate, mas, diante da fragilidade de seu sistema ofensivo, amargou mais um tropeço. No final, um misto de alívio e festa para os mais de 23 mil presentes ao estádio da Beira-Rio.
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 CEARÁ

Data: 23/7/2018 (segunda)
Horário: 20h (de Brasília)
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Bruno Arlou de Araujo, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Cardoso de Souza, todos da CBF e da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro
Cartões amarelos: Rodrigo Dourado, Danilo Silva (INT); Arthur, Richardson, Reina (CEA)
Renda: R$ 569.225,00
Gol: Willian Pottker (28’/2°T)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca, Danilo Silva, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Patrick e Edenílson (Leandro Damião), Rossi (D’Alessandro) Nico López (Gabriel Dias) e Willian Pottker.
Técnico: Odair Hellmann.
CEARÁ: Éverson; Arnaldo, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Richardson, Fabinho, Juninho (Eder Luis) e Reina (Calyson); Felipe Azevedo (Luidy) e Arthur.
Técnico: Lisca.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies