Ídolo e ex-presidente, Roberto Dinamite critica oposição do Vasco

Completando 120 anos de glórias, equipe de São Januário vive grave crise financeira

No dia em que completa 120 anos de glórias, o Vasco atravessa um dos momentos mais conturbados de sua história, especialmente no aspecto financeiro. Ídolo eterno e ex-presidente do Gigante da Colina, Roberto Dinamite, durante a apresentação do “Jogo Aberto”, programa da TV Bandeirantes, nesta terça-feira, não poupou palavras para criticar a oposição do clube. Segundo ele, quem está fora do poder torce para a instalação do caos.
“Quem não está no poder quer ver o clube em baixa. Vem de muitos anos. Essa situação do empréstimo é importante? Então, vamos buscar para o Vasco se tornar viável”, disse o eteno camisa 10 de São Januário, lembrando da reunião do Conselho Deliberativo da semana passada, quando o presidente Alexandre Campello buscou, sem sucesso, a aprovação dos conselheiros para realizar uma operação financeira capaz de minimizar o rombo do caixa vascaíno.
Em reportagem do jornalista Rodrigo Capelo, da Época, o público tomou conhecimento de que o Vasco não tem um centavo sequer para quitar as pendências de setembro e corre sério risco de entrar em um estado de falência no ano que vem, principalmente em caso de queda para a Série B do Campeonato Brasileiro.
Atualmente fora da zona de rebaixamento, o Vasco, após empatar de 1 a 1 com o Ceará na última segunda, em São Januário, viaja até Belo Hrizonte. Na quinta, a partir das 20h (de Brasília), enfrenta, na Arena Independência, o Atlético-MG pela aberura do segundo turno do Brasileirão.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies