REVISTA ESPORTIVA
redacao

Grupo Disney e emissoras aguardam futuro da nova Medida Provisória para definir estratégia em relação a Campeonato Carioca

Torneio está sem contrato de transmissão desde rompimento da Globo

0

Após a rescisão de contrato por parte da Globo, o grupo Disney vem conversando com o SBT, a Record e a Rede TV para apresentarem, em conjunto, uma proposta para, a partir do ano que vem, transmitirem o Campeonato Carioca. No entanto, o pool de emissoras aguarda o futuro da nova Medida Provisória 984 antes de definir qual será a estratégia adotada.

No último mês de junho, o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou uma medida pela qual os clubes mandantes das partidas de quaisquer torneios teriam o direito de negociar as transmissões dos jogos sem a aquiescência do adversário. Essa portaria, inicialmente, vale por 60 dias, mas, se ela for aprovada pelo Senado, passará a ser lei.

Não existe, porém, a certeza dessa votação. Assim, depois de dois meses, a Medida deixaria de ter validade e o antigo formato de transmissão voltaria a vigorar.

Na última rodada da fase de classificação da Taça Rio, segunda turno do recém-encerrado Campeonato Carioca, o Flamengo, que não tinha contrato com a Globo e baseado na MP 984, transmitiu, em sua TV particular, a partida na qual derrotou, no Maracanã, o Boavista por 2 a 0. Alegando ter seu direito lesado, a Globo, de forma unilatetal, rompeu o contrato que tinha até 2024.  A emissora carioca, por força de uma liminar, ainda foi obrigada a exibir Fluminense X Botafogo pela semifinal da Taça Rio, mas a decisão do Estadual, entre o Tricolor e o Flamengo, que ficaria com o título, acabou sendo transmitida pelo SBT.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.