Grupo apresenta projeto de revitalização do estádio das Laranjeiras

Planejamento é obra estar concluída dentro de um ano

Composto por sócios, conselheiros e torcedores do Fluminense, o grupo Laranjeiras XXI apresentou, nesta quarta-feira, detalhes do projeto de reforma do Estádio Manoel Schwartz. A ideia é que o local passe a ter capacidade de receber 15 mil pessoas no modelo “arquibancada raiz” e estilo alçapão, além da construção de uma megaloja, um prédio administrativo e um museu. o custo das obras estaria orçado em R$ 50 milhões e o prazo de conclusão é de um ano.

GRupo Laranjeiras XXi (Foto: felipe Siqueira)

Para o sucesso do investimento, os organizadores pedem o apoio irrestrito dos candidatos à presidência do Fluminense, independentemente de quem vencer as eleições do próximo dia 08 de junho. Por enquanto, Ricardo Tenório e Mário Bittencourt já aprovaram o projeto e garantiram que, se eleitos, darão continuidade.

“O interesse nosso é que o próximo presidente tenha essa sensibilidade. O único beneficiário é o Fluminense. A situação é dramática e, a partir de Laranjeiras, podemos começar a mudá-la”, explicou Gustavo Marins, um dos líderes do Laranjeiras XXI.

Atualmente, o trabalho é voltado para a captação de recursos necessários à primeira fase do projeto, que é a viabilização junto aos órgãos competentes.  Vale ressaltar o fato de o estádio das Laranjeiras ser tombado pelo Patrimônio Histórico.

Grupo projeta reforma para viabilizar jogos do futebol profissional nas Laranjeiras (Foto: Reprodução/Twitter Oficial do Fluminense F.C.)
Grupo projeta reforma para viabilizar jogos do futebol profissional nas Laranjeiras (Foto: Reprodução/Twitter Oficial do Fluminense F.C.)

Deixe uma resposta

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies