Galliote diz que fará todo esforço para renovar com Alexandre Mattos

0

Candidato a reeleição no Palmeiras, Maurício Galiotte diz que fará “todo o esforço” para manter Alexandre Mattos, caso vença a eleição em novembro. O contrato do diretor de futebol vai até dezembro, assim como a atual gestão.

– O Alexandre é um dos principais profissionais do futebol, com conhecimento destacado, um ganhador, comprometido e é nossa ideia, sim (mantê-lo). O contrato termina em dezembro e se for eleito farei todo o meu esforço para renovar – disse Galiotte, à rádio Bandeirantes.

​- Gostaria de contar com ele, quanto menos mexermos na estrutura tem mais chance de sucesso. A avaliação do trabalho do Alexandre é muito boa, positiva – completou.

Mattos está no Palmeiras desde 2015 e foi quem comandou a reformulação do departamento de futebol. Durante seu primeiro contrato, na gestão de Paulo Nobre, ganhou a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. Quando Galiotte assumiu, no fim de 2016, o vínculo foi renovado até dezembro de 2018. O clube foi vice-campeão brasileiro em 2017, mas passou sem títulos.

Embora já tenha sido algumas vezes fortemente criticado por conselheiros, o diretor de futebol goza de grande prestígio com a direção executiva. Ele é quem comanda o departamento e já fez, inclusive, contratações para o próximo ano. O centroavante Arthur Cabral, do Ceará, foi anunciado e o meia Zé Rafael, do Bahia, também deve chegar. Raphael Veiga, emprestado ao Atlético-PR, é certo que será reintegrado a partir da próxima temporada.

Além de Alexandre Mattos, Maurício quer manter também os patrocínios da Crefisa e FAM. As empresas são presididas pela conselheira Leila Pereira, que já prometeu renovar o vínculo automaticamente, caso a atual gestão permaneça. O Verdão recebe pelos patrocínios R$ 78 milhões por ano.

​Na próxima segunda-feira haverá a aprovação das chapas presidenciais no filtro do Conselho Deliberativo. Além de Maurício Galiotte, Genaro Marino, atual primeiro vice e rompido com a diretoria, vai concorrer como oposição, com apoio de Paulo Nobre e conselheiros ligados a Mustafá Contursi.

Gostou da matéria? Então siga-nos

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas