Fred rechaça diminuir salário e saída do Cruzeiro é dada como certa

Notícia foi dada por presidente de núcleo gestor do clube mineiro

O 2020 de Fred, pelo jeito, será longe da Toca da Raposa. Em entrevista concedida durante a festa de lançamento do Campeonato Mineiro 2020, o presidente do núcleo gestor do Cruzeiro, Saulo Fróes, disse que o centroavante não aceitou reduzir os salários e a sua permanência é quase impossível.

No último final de semana, notícias já davam certa a saída do camisa 9. Rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro, a agremiação celeste vem tentando adequar o orçamento com a dispensa de vários atletas, como Henrique, Egídio e Sassá, e a manutenção daqueles que aceitem reduzir os vencimentos, casos do goleiro Fábio e do lateral-direito Edilson.

A definição sobre o futuro de Fred deve acontecer na próxima semana. O Fluminense está interessado na sua contratação. O camisa 9 tem história nas Laranjeiras e o presidente tricolor, Mário Bittencourt, nunca escondeu o sonho de trazê-lo de volta ao clube carioca.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso

Políticas de privacidade e Cookies