REVISTA ESPORTIVA
redacao

Fluminense deve vir com um ataque sem referência contra o Atlético-GO

Luiz Henrique entraria na vaga de Marcos Paulo e formaria o trio ofensivo com Michel Araujo e Wellington Silva

0

Com Evanilson vendido ao Porto, de Portugal, Fred ainda se recuperando do Coronavírus, e os maus rendimentos de Fellipe Cardoso e Marcos Paulo, Odair Hellmann segue buscando alternativas para formar o ataque do Fluminense e, na partida desta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, diante do Atlético-GO, a primeira pela quarta fase da Copa do Brasil, deverá optar por tirar o homem de referência.

A tendência é de o comandante promover a entrada do meia-atacante Luiz Henrique. Ele atuaria como um camisa 9 que teria a liberdade para se movimentar, assim como os seus companheiros de sistema ofensivo, Michel Araujo e Wellington Silva, abrindo, assim, espaços para as chegadas dos meias, especialmente Nenê, artilheiro do Tricolor na temporada até o momento.

No restante, o time seria quase o mesmo da vitória de 2 a 1 sobre o Corinthians do último domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Yuri, que cumpriu suspensão no final de semana, poderia voltar no lugar de Hudson, mas sentiu uma dor na região do púbis e foi vetado. Outra ausência será a do zagueiro Digão com uma lesão muscular. Nino entra em seu lugar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.