REVISTA ESPORTIVA
redacao

Fluminense celebra aniversário de principal título de sua história

Há 68 anos, Tricolor vencia a Copa Rio, o Mundial de Clubes da época

0

Dia de festa nas Laranjeiras. Há exatos 68 anos, o Fluminense conquistava o maior título de sua história. Na noite do dia 02 de agosto de 1952, diante de 65.946 presentes ao Maracanã, o Tricolor conquistava a Copa Rio, o Mundial de Clubes daquela época, ao ficar no empate de 2 a 2 com o Corinthians.

Assim como na sua primeira edição, em 1951, cujo título ficou com o Palmeiras, a Copa Rio de 1952 teve, além de Fluminense e Corinthians, representantes brasileiros por serem, respectivamente, campeões, no anterior, de Rio e São Paulo, considerados os principais campeonatos nacionais, uma vez que não havia Campeonato Brasileiro naquela época, o Peñarol (campeão uruguaio), o Sporting (campeão português) , o Grasshoper (campeão suíço), o Austria Viena (campeão fa Áustria), o Libertad (campeão paraguaio) e o Saarbrucken (campeão da então Alemanha Ocidental).

A primeira fase daquela Copa Rio foi dividida em duas chaves de quatro. No grupo do Rio, com jogos no Maracanã, o Fluminense estreou com um 0 a 0 diante do Sporting. Na segunda rodada, há duras penas, fez 1 a 0 sobre o Grasshoper, mas, na última rodada, garantiu a vaga para a próxima fase ao aplicar 3 a 0 sobre o Peñarol, que era base da seleção uruguaia campeã da Copa do Mundo de 1950, no mesmo Maracanã, em cima da Seleção Brasileira.

Nas semifinais, também no Rio, o Fluminense enfrentou o Austria Viena e, após duas vitórias (1 a 0 e 5 a 2), assegurou presença na decisão, onde mediria forças contra o Corinthians, que havia eliminado, no Pacaembu, o Peñarol.

Os confrontos da decisão foram realizados no Maracanã. No primeiro, o Flu venceu por 2 a 0. No segundo e derradeiro, Didi e Marinho, que foi um dos artilheiros da competição com cinco gols ao lado de outro atleta do Tricolor, asseguraram a taça para o Salão Nobre das Laranjeiras. Jackson e Souzinha fizeram os gols do Corinthians.

Embora nunca tenha recebido a oficialização da Copa Rio de 1952, o Fluminense tomou ciência, em janeiro de 2017, através da imprensa, de um comunicado da FIFA no qual a entidade máxima do futebol disse reconhecer as edições da Copa Rio de 1951 e de 1952 e a Copa Intercontinental (partida envolvendo os campeões da Taça Libertadores e do Campeonato Europeu de Clubes, atual Liga dos Campeões da Europa) como competições em nível mundial. Diante disso, o torcedor do Tricolor todo o direito de estufar o peito e gritar que, no Rio, foi o primeiro clube campeão mundial de futebol.

Confira o time-base do campeão mundial de 1952: Castilho, Píndaro, Pinheiro, Jair, Édson, Bigode, Telê, Didi, Marinho, Orlando Pingo de Ouro e Quincas. O técnico desse esquadrão era Zezé Moreira.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.