Fluminense acerta salários de julho, mas pode sofrer nova penhora

Tricolor atravessa enormes dificuldades para regularizar crise financeira

No final da tarde desta segunda-feira, o Fluminense acertou os salários de julho de jogadores e funcionários. Da dívida, restam os vencimentos de agosto, que venceu no dia de hoje, e o 13º do ano passado.

Empossada há três meses, a nova diretoria vem atravessando enormes dificuldades para regularizar a grave crise fnanceira pela qual atravessa. Por enquanto, foram quitados os meses de abril, maio e junho da CLT, além dos direitos de imagem, que apenas alguns atletas do grupo recebem.

Ao mesmo tempo em que tenta honrar os seus pagamentos, o Fluminense precisa conviver com a ameaça de penhoras para cobrir dívidas passadas. Recentemente, quitou uma antiga pendência com o clube formador do zagueiro Ibañez, negociado para a Atalanta, da Itália. Em contrapartida, existe a ameaça de ter quase R$ 14 milhões penhorados pelo não repasse dos valores da negociação de Gérson a outro clube italiano, no caso, a Roma.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso