Flu tem explosão de novos sócios, mas encerra julho sem atingir a meta traçada

Tricolor estende liberação de taxa durante o mês de agosto

Foi por pouco, mas, mesmo tendo uma explosão no número de novos inscritos, o Fluminense fechou julho sem ter atingido a meta de 36 mil sócios.

Na sexta, último dia do sétimo mês de 2020, foram mais de mil adesões, levando o clube das Laranjeiras a, no momento, somar 35.980 associados adimplentes.

Apesar de o objetivo inicial não ter sido alcançado, a diretoria acredita que a campanha, lançada por páginas de notícias e de relacionamentos ligadas ao Flu, foi exitosa e, para estimular os torcedores a se associarem em massa, manteve a promoção de liberar o pagamento da taxa de adesão durante o mês de agosto. Caso, no final desse mês, o clube chegue a 40 mil sócios, em setembro, novas inscrições também serão gratuitas.

O programa Sócio-Torcedor é a “menina dos olhos” de Mário Bittencourt. Para o presidente do Fluminense, ele é mais fundamental do que o patrocinador master e gostaria de, até o final de 2020, ver o clube com, pelo menos, 50 mil associados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site Web utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros e web beacons para melhorar a sua experiência online, permitindo-nos adaptar os nossos conteúdos para si com base nos seus interesses e nos seus hábitos de navegação. Ao continuar a utilizar o nosso site Web, você aceita a utilização de cookies e de web beacons pela nossa parte. Para obter informações sobre os cookies que utilizamos, para obter mais detalhes sobre como processamos os seus dados pessoais e para obter informações sobre como pode retirar o seu consentimento (que poderá fazer em qualquer momento), clique em ler nossas políticas Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies