Final do Paulista "pode mudar", diz presidente do TJD

0

A polêmica envolvendo a final do Campeonato Paulista parece estar longe do fim. Durante entrevista para a TV Globo, nesta quarta-feira (11 de abril), Antônio Olim, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva-SP (TJD-SP), admitiu que o resultado da competição pode mudar, desde que a investigação conclua a existência de interferência externa na arbitragem.
Pode mudar. De repente o que chegar lá na frente, se tiver alguma coisa que mostre que alguém fez o juiz mudar sua posição, sim. Vamos ver todas as imagens, ouvir as pessoas. Não vamos falar antes de investigar. A investigação é muito rápida e vai ser bem profunda. Vamos chamar quem precisar”, garantiu Olim.
No entanto, o presidente do TJD-SP reforçou a posição da Federação Paulista de Futebol de que Dionisio Roberto Domingos, chefe de arbitragem da federação e “prova” principal utilizada pela defesa do Palmeiras, alegando interferência, tem autorização para estar no gramado.
Imediatamente com o pedido do Palmeiras, mandamos para o procurador-geral. Será escolhido um relator e será colocado em pauta. É uma investigação policial e faremos. Essa pessoa (Dionísio) até tem autorização para estar em campo. Todos os vídeos serão vistos, e o Palmeiras entrou com representação. Hoje continua do jeito que está”, finalizou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies