FIFA libera de punição a quem não quiser entrar em campo por conta do Coronavírus

Medida visa preservar os atletas de contrair a doença

Nesta terça-feira, a FIFA tomou a decisão de liberar os atletas de sofrerem qualquer tipo de punição se não quiserem entrar em campo durante esse período de luta contra a pandemia do coronavírus.

Inicialmente a recomendação, que busca preservar os jogadores do risco de contágio, vale para competições internacionais de seleções, mas abre-se a possibilidade de ser adotada também em torneios nacionais.

No Brasil a CBF suspendeu os campeonatos que organiza diretamente (Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Sub-17, Sub-20 e Feminino e Copa do Nordeste), mas liberou federações a tomarem suas respectivas decisões sobre o futuro dos Estaduais. No Rio e no Rio Grande do Sul, a bola para por, pelo menos, duas semanas. Em São Paulo, Minas e na Bahia, a paralisação é por tempo indeterminado. Por outro lado, outros 14 torneios, até o momento, seguem normalmente, tendo, inclusive, presença de torcedores, contrariando a determinação dos órgãos de saúde de não haver aglomeração de pessoas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso

Políticas de privacidade e Cookies