Publicidade

Felipe Melo explica tesoura em adversário: “Foram minhas genitais que derrubaram ele (sic)”

Publicidade

O volante Felipe Melo fez o primeiro gol do Palmeiras na vitória por 3 a 0 sobre o Melgar, do Peru, pela segunda rodada do Grupo F da Libertadores, na noite desta terça-feira, em São Paulo. O gol foi aos 24 minutos do primeiro tempo. Aos 30, Felipe Melo correu risco de expulsão.

Para parar um contra-ataque, o volante do Palmeiras deu uma tesoura por trás no meia Arias. Depois do jogo, Felipe Melo foi questionado sobre o lance.

Ele admitiu ter temido por uma expulsão e deu uma explicação curiosa sobre o choque com o jogador do time peruano, dizendo que o atingiu com suas “genitais”. Felipe Melo também disse ter ido na jogada com “volúpia”, palavra que significa “prazer sexual”:

– Eu tinha roubado uma bola uns minutos antes com um carrinho de lado, então eu fui (de novo) com um carrinho de lado, mas ele (Arias), muito esperto, entrou…e o árbitro viu que eu não dei uma tesoura nele, eu não pego com a sola do pé nas costas dele, a minha genitais (sic) encostam nele e derrubam ele. No segundo tempo, no intervalo, o árbitro disse que viu na televisão e disse que era passível de cartão amarelo. Eu fiquei um pouco com medo porque é complicado essa situação, eu fui naquela volúpia (sic) de roubar a bola, né, era um contra-ataque, mas felizmente o árbitro viu que era somente uma falta – disse Felipe Melo.

O técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, também comentou a entrada de Felipe Melo sobre o Arias:

– Não sou árbitro. Não vi o lance de perto, quem viu foi o árbitro, se ele achou que era amarelo, ok. Quem sabe se eu estivesse do lado do Melgar eu ia brigar e dizer que merece. Achei que foi uma falta forte, mas o amarelo, naquele momento, era o mais correto. Mas não posso dizer, não tenho vídeo e nem ideia. Vocês, com os recursos todos, podem explicar mais que eu.

Gustavo

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas