Felipão acerta com o Palmeiras até 2020

O  novo comandante do Palmeiras é Luiz Felipe Scolari. Depois de ter demitido Roger Machado na madrugada da última quinta-feira, a diretoria demorou menos de um dia para acertar o retorno do técnico que trabalhou em outras duas oportunidades no clube.

Com duas passagens, entre 1997 e 2000 e de 2010 a 2012, Felipão conquistou cinco títulos: Libertadores (1999), duas edições da Copa do Brasil (1998 e 2012), Copa Mercosul (1998) e o Torneio Rio-São Paulo (2000).

Além disso, ele é o segundo nome que mais vezes dirigiu o time, com 409 jogos, atrás de Oswaldo Brandão, com 585. É ainda o treinador que mais esteve à frente do Palmeiras em partidas de Libertadores (28) e Campeonato Brasileiro (166).

Sua última passagem, porém, não terminou bem. Apesar da conquista da Copa do Brasil, Felipão deixou o clube em meio à campanha que culminaria com o segundo rebaixamento à Série B nacional.

No mesmo ano, ele voltou ao comando da seleção brasileira, pela qual havia conquistado a Copa do Mundo de 2002. Após a Copa de 2014, em que perdeu por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal, o treinador trabalhou ainda no Grêmio e no Guangzhou Evergrande, da China, que deixou no fim do ano passado.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies