Ex-presidente do Flamengo critica negociação de Lucas Paquetá

0

Em entrevista, ao Esporte 24 Horas nesta quarta-feira, o ex-presidente do Flamengo nos anos de 1995 a 1997, Kleber Leite, veio a criticar a diretoria rubro-negra por conta da venda de Lucas Paquetá para o Milan. Segundo o antigo mandatário, a gestão Eduardo Bandeira de Mello, como sempre, só pensou no aspecto financeiro e criou um problema para essa reta final de temporada.
“A pressa em vender causa espanto, na medida em que fere a estratégia de venda pelo melhor preço, além de implicar em possível transtorno técnico, na reta final e decisiva do único título que podemos conquistar, neste ano magérrimo de glórias e robusto nas finanças”, disse Kléber, acrescentando.
“Estranha a venda na medida em que o valor anunciado é bem inferior ao do estipulado em contrato, no caso de venda para o exterior (50 milhões de euros). Ainda mais estranha pelo fato de três clubes estarem interessados (PSG, Barcelona e Milan), leilão inevitável em que, através dele, se poderia chegar aos 50 milhões, conforme multa estipulada”, finalizou.
No final da noite de terça, o Flamengo anunciou a venda do jogador junto ao Milan. O clube italiano vai desembolsar R$ 143 milhões (35 milhões de Euros) para contar com o futebol do meia. Com a negociação, Paquetá se tornou o segundo jogador mais caro da história do clube mais popular do Brasil, sendo superado apenas pela ida de Vinícius Júnior ao Real Madrid.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies