Cruzeiro aproveita expulsão de Marlon e, de virada, derrota o Fluminense no Mineirão

0

Com uma série de desfalques, o Fluminense até começou vencendo, mas acabou tendo um jogador expulso e, de virada, perdeu para o Cruzeiro por 3 a 1 na noite deste domingo, no Mineirão, em partida da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Diante desse revés, o Tricolor se manteve com 43 pontos e em 13º lugar na competição. Enquanto isso, a Raposa, já garantida na Taça Libertadores do ano que vem, chegou aos 54 pontos e reassumiu a quinta posição, ultrapassando o Botafogo.

Ambos voltam a campo na próxima quarta. Às 19h30 (de Brasília), o Cruzeiro, novamente no Mineirão, encara o Avaí. Já o Fluminense, a partir das 21h45 (de Brasília), terá a dura tarefa de evitar o título antecipado do Corinthians em pleno Itaquerão.

Logo no primeiro lance de perigo, o Fluminense abriu o placar. Gustavo Scarpa, da entrada da área, finalizou errado, mas Pedro, que substituia de Henrique Dourado, teve frieza para deslocar Fábio e mandar no canto esquerdo. Eram seis minutos de jogo

A partir daí, o confronto ficou aberto com chances para os dois lados. O Cruzeiro acabou sendo mais feliz e, aos 16 minutos, em arremate de Lucas Romero da meia-lua, deixou tudo igual. A bola ainda desviou em Henrique e encobriu Diego Cavalieri.

Oito minutos depois, Wendel teve oportunidade para recolocar o Fluminense em vantagem, mas finalizou em cima de Fábio, que defendeu firme.

A ofensividade se manteve no início do segundo tempo. Depois de tabelar com Pedro, Gustavo Scarpa recebeu sem marcação dentro da área. O meia, porém, não caprichou e mandou por cima do travessão.

Aos 12, o lance que praticamente definiu o encontro. Ao parar um contra-ataque do Cruzeiro com a mão, Marlon, que já havia recebido o cartão amarelo e depois de muita reclamação dos atletas do time mineiro, acabou sendo expulso. Para piorar a situação dos cariocas, na cobrança da falta, Diogo Barbosa se esticou todo e, de pé esquerdo, virou o placar para a equipe da casa.

Com um a menos, o Fluminense se perdeu completamente e o Cruzeiro se fartou de perder oportunidades. Na melhor delas, Rafael Sóbis avançou do meio de campo à área, ficou cara a cara com Diego Cavalieri, que fez grande defesa Quem definiu o placar foi Thiago Neves, após receber na pequena área. Ex-jogador do Tricolor, o meia comemorou de maneira tímida.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3X1 FLUMINENSE

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 12/11/2017 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Renda: R$ 102.844,00
Público: 6.530 pagantes
Cartão amarelo: Murilo, Lucas Romero e Robinho (CRU); Marlon e Renato Chaves (FLU)
Cartão vermelho: Marlon (FLU)
Gols: Pedro (6’/1ºT), Lucas Romero (1-1, 16’/1ºT), Diogo Barbosa (2-1, 12’/2ºT) e Thiago Neves (27’/2ºT)

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Digão, Murilo e Diogo Barbosa; Lucas Silva e Lucas Romero; Robinho (Alisson), Rafinha (Messidoro) e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Jonata)
Técnico: Mano Menezes

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Henrique, Renato Chaves e Marlon; Marlon Freitas, Douglas, Wendel (Matheus Alessandro) e Gustavo Scarpa (Léo); Marcos Junior (Wellington Silva) e Pedro
Técnico: Abel Braga.

Por: Maximilian Pimenta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.