Crivella autoriza volta do Carioca, mas Flu e Botafogo podem ter jogos remanejados

Prefeito do Rio se encontrou com representantes dos clubes e da Federação

Agora é oficial. Após reunião no Palácio da Cidade, da qual participaram representantes da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) e de três grandes clubes (o Vasco foi o único ausente), o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, confirmou, no início da tarde desta quarta-feira, a autorização para o retorno do Campeonato Carioca.

Após o encontro, que durou pouco mais de uma hora, Crivella concedeu entrevista e anunciou a volta do Estadual. O prefeito, porém, pediu compreensão a Fluminense e Botafogo. Os dois clubes são contrários ao retorno da competição ainda em junho e ameaçam entrar na Justiça se não tiverem as suas partidas remarcadas para o mês que vem.

“Há clubes que acham que não devem voltar agora. Foi esse o pedido que fiz ao presidente da FERJ. Que aqueles clubes que voltem em julho não sofram W.O. ou punição. Nesse momento temos que entender que cada um reage diferente às questões da pandemia. Esperamos que consigamos resolver essas diferenças. O presidente do Botafogo e o representante do Fluminense acham que é assim”, disse Marcelo Crivella.

O presidente da FERJ, Rubens Lopes, não participou da reunião. A entidade foi representada pelo o diretor Leonardo Ferraz, que irá leviar o pedido de Crivella pelo adiamento dos jogos de Flu e Botafogo.

Dessa forma, até o momento, está mantida a decisão do Conselho Arbitral da última terça e o Cariocão, paralisado desde março, terá a seguinte programação no seu retorno:

Quinta – 21 horas (de Brasília) – Maracanã – Bangu X Flamengo

Sexta –  15h30 (de Brasília) – Luso-Brasileiro – Portuguesa X Boavista

Domingo – 15h45 (de Brasília) – Conselheiro Galvão – Madureira X Resende

Domingo – 16 horas (de Brasília) – São januário – Vasco X Macaé

Segunda – 17h30 (de Brasília) – Nilton Santos – Botafogo X Cabofriense

Segunda – 20 horas (de Brasília) – Maracanã – Fluminense X Volta Redonda

A princípio, os jogos só aconteceriam no Maracanã, no Nilton Santos e em São januário, mas a Portuguesa-RJ e o Madureira, segundo a Federação, comprovaram estarem aptos para adotarem as medidas de segurança contra o Coronavírus

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site Web utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros e web beacons para melhorar a sua experiência online, permitindo-nos adaptar os nossos conteúdos para si com base nos seus interesses e nos seus hábitos de navegação. Ao continuar a utilizar o nosso site Web, você aceita a utilização de cookies e de web beacons pela nossa parte. Para obter informações sobre os cookies que utilizamos, para obter mais detalhes sobre como processamos os seus dados pessoais e para obter informações sobre como pode retirar o seu consentimento (que poderá fazer em qualquer momento), clique em ler nossas políticas Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies