Conmebol anula expulsão de Dedé contra o Boca Juniors

Em decisão anunciada na noite desta quarta, a Conmebol anulou o cartão vermelho recebido pelo zagueiro Dedé no confronto de semana passsada, no mítico La Bombonera, em Buenos Aires, diante do Boca Juniors, o primeiro das quartas-de-final da Taça Libertadores. Sendo assim, ele poderá enfrentar o time argentino daqui a uma semana, em Belo Horizonte.
Dedé foi expulso após se chocar com Esteban Andrada, goleiro do Boca, após o árbitro William Roldán se utilizar do VAR e interpretar que a agressão havia sido intencional.
Como foi derrotado por 2 a 0 na ida, o Cruzeiro necessita vencer por, pelo menos, três gols de diferença para avançar na Libertadores. Se devolver o placar da Argentina, levará o duelo para os pênaltis.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies