Com proposta da China, André pode deixar o Grêmio

André tem boa chance de deixar o Grêmio nos próximos dias. O centroavante recebeu proposta do Changchun Yatai, da China, e aguarda acerto entre os clubes. A janela de transferências chinesa se fecha na quinta-feira (28) e por isso há pressa na definição.

UOL Esporte apurou que o Yatai fez consulta com primeiro valor e o Grêmio pediu quantia maior para liberar André. Agora, os chineses precisam responder.

A equipe interessada em André é a mesma com que o Grêmio negociou a aquisição dos direitos econômicos de Marinho, na metade de 2018.

Em Porto Alegre desde o final de março do ano passado, André não decolou como o esperado por ele e pelo próprio Grêmio. O ex-jogador de Santos, Corinthians e Atlético-MG marcou apenas quatro gols com a camisa gremista e atualmente é reserva de Felipe Vizeu.

A contratação de Diego Tardelli, que ainda passa por readaptação física, aumenta ainda mais a concorrência para André. Ao longo de 2018, o jogador disputou com Jael a função de centroavante e levou a pior.

O Grêmio trata a possibilidade de saída de André com cautela. O clube não quer desvalorizar ativo buscado há pouco e com arrastada e desgastante negociação ao Sport. No início do ano passado, o clube pernambucano fez jogo duro para liberar o centroavante.

André custou cerca de R$ 10 milhões aos cofres do Grêmio. O clube gaúcho parcelou o pagamento e o primeiro vínculo do jogador em Porto Alegre foi por empréstimo. Na sexta-feira passada, o novo contrato foi registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF.

Autor de 27 gols pelo Sport em 2017, André tem vínculo com o Grêmio até 2021.

Gustavo

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas