Campanhas do Internacional nas Copas do Brasil de 1992 e 2019 são semelhantes

O Internacional está prestes a ganhar a sua segunda Copa do Brasil, após 27 anos

A Copa do Brasil de 1992 foi a quarta edição da competição, que começou em 1989, e teve a participação de 32 equipes, os campões do ano anterior de cada estado e a primeira participação dos campeões de Rondônia e do Amapá.

Em pé: Gato Fernández, Célio Silva, Célio Lino, Pinga, Ricardo e Daniel Franco; Agachados: Élson, Gérson, Maurício, Marquinhos e Caíco.

Tec: Antônio Lopes

Curiosidade: Caico que foi campeão em 1992, hoje faz parte da comissão técnica do Internacional.

O campeão paulista de 1991 foi o São Paulo, que desistiu da Copa do Brasil de 1992 por conta da da disputa da Copa Libertadores da América. A fórmula de disputa da Copa do Brasil de 1992 é semelhante a deste ano de 2019, teve uma fase a mais, disputada antes das oitavas de finais .

O Internacional jogou na primeira fase contra o Muniz Freire, venceu por 3 a 1 na casa do Muniz e goleou por 5 a 0 no Beira-Rio, garantindo vaga para as oitavas, no qual enfrentou o Corinthians, o Colorado aplicou uma goleada de 4 a 0 no Pacaembú e empatou em 0 a 0 no Beira -Rio. Nas quartas de finais, o duelo contra o Grêmio, dois empates, 1 a 1 no Olímpico e o mesmo placar no Beira-Rio e a vaga para as semifinais foi decidida nos pênaltis.

O goleiro do Internacional, Fernandez, defendeu duas cobranças e uma foi para fora, já o Inter acertou as três cobranças e eliminou o rival. Nas semifinais encarou o Palmeiras, venceu no Palestra Itália por 2 a 1 e aplicou 2 a 1 no Beira-Rio, garantindo assim a vaga para a grande final daquela Copa do Brasil, para enfrentar o Fluminense.  Nas Laranjeiras, palco do primeiro jogo, o Internacional teve sua única derrota na competição, 2 a 1 para os tricolores e decisão no Beira Rio, onde uma simples vitória por 1 a 0 garantiria o título. Pois então, o resultado que o Inter precisava chegou aos 42 minutos em um pênalti em cima do Pinga, Célio Silva bateu no meio do gol e estremeceu o Beira-Rio, Internacional conquistava sua primeira Copa do Brasil e vaga para a Copa Libertadores da América de 1993.

A Copa do Brasil de 2019

Olhando a tabela do primeiro título do Internacional, podemos fazer alguns comparativos e observar várias semelhanças, uma delas é a formula, o Internacional entrou direto nas oitavas, sem disputar a primeira fase, além de resultados conquistados na casa do adversário e confronto contra Palmeiras. A campanha do Internacional até aqui é muito boa. Nas oitavas venceu as duas contra o Paysandú, no Beira-Rio ganhou por 2 a 0 e lá no Mangueirão venceu por 1 a 0, já no confronto contra o Palmeiras o time teve que vencer suas dificuldades e na raça se classificou no Beira-Rio, havia perdido em São Paulo por 1 a 0 e precisava fazer 2 para obter a classificação, mas o 1 a 0 levou o jogo para o pênaltis, e deu Inter, 5 a 4 e vaga para as semifinais. O adversário foi o Cruzeiro, mais duas vitórias, no Mineirão 1 a 0 e no Beira-Rio, diante de mais 46 mil torcedores, vitória por 3 a 0 e vaga para a final contra o Athletico Paranaense, que eliminou o Grêmio nas semifinais. Campanhas semelhantes, do único título colorado da Copa do Brasil até aqui, voltando uma decisão nacional depois de 10 anos, assim como em 92, que fazia 13 anos que não conquistava um título nacional. O primeiro jogo da final contra o Athletico-PR aconteceu na ultima quarta-feira (11/09) na Arena da Baixada que foi vencido pelo time paranaense o segundo jogo acontece no dia 18/09 no Beira Rio.

Assista abaixo o gol marcado por Célio Silva que deu o titulo ao Colorado em 1992

 

 

Créditos: Luis Soares

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso