Através do Twitter, Fluminense homenageia Castilhos

Se estivesse vivo, goleiro faria, nesta quarta, 92 anos

Por intermédio de sua conta no Twitter, o Fluminense fez uma homenagem ao seu ex-goleiro Carlos Castilhos, que, nesta quarta-feira, se estivesse vivo, completaria 92 anos.

Castilhos atuou pelo Tricolor de 1945 a 1967. Nas Laranjeiras, conquistou vários títulos, dentre eles, três de Campeonato Carioca (1951, 1959 e 1964), dois de Torneio Rio-São Paulo (1957 e 1960) e o mais importante, a Copa Rio de 1952, considerada, para muitos, o Mundial de Clubes daquela época.

Acima das taças, virou ídolo do Flu depois de sofrer uma fratura no dedo. Ao saber que iria ficar um bom período afastado, optou por amputar parte do membro lesionado e, pouco tempo depois, já estava de volta aos gramados. Após pendurar as chuteiras, virou treinador, mas jamais dirigiu o clube carioca.

Falecido em 1984, Castilhos tem um busto na sede de Álvaro Chaves, inaugurado em 2007, e, desde o início da gestão Mário Bittencourt, passou a ser o nome do Centro de Treinamento do Fluminense, na Barra da Tijuca.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler mais sobre isso