Atento a erros de arbitragem, Palmeiras programa visita à Conmebol antes de semifinal

0

Não é apenas dentro do futebol brasileiro a preocupação do Palmeiras com a arbitragem. Além de se queixar de lances recentes no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, a diretoria programa uma visita à Conmebol antes da primeira semifinal da Libertadores, contra o Boca Juniors, da Argentina.

Ainda não está definido, porém, quando os dirigentes irão à sede da confederação sul-americana, que fica na pequena cidade de Luque, região metropolitana de Assunção. O jogo em Buenos Aires será em 24 de outubro, daqui a pouco mais de duas semanas.

A última visita para este fim ocorreu no começo de agosto, quando o time enfrentou o Cerro Porteño, na capital paraguaia, pelas oitavas de final. Até aqui, não há nenhum erro gritante de que o Palmeiras reclame na competição sul-americana. Mas o clube tem manifestado preocupação com erros recentes contra brasileiros.

Depois da expulsão do zagueiro cruzeirense Dedé na partida de ida das quartas de final, contra o Boca Juniors, o presidente Maurício Galiotte afirmou que os clubes brasileiros precisam se unir para debater esses assuntos com a Conmebol.

Ao final da vitória de sábado sobre o São Paulo, que aumentou a distância do time na liderança do Brasileirão, o clube criticou a não expulsão do goleiro Sidão, que fez uma defesa com a mão fora da área, e alertou mais uma vez sobre a arbitragem da Libertadores.

A arbitragem da partida contra o Boca Juniors ainda não foi divulgada pela Conmebol. As partidas do mata-mata da Libertadores também contam com apoio da tecnologia do vídeo para auxiliar os árbitros.

Gostou da matéria? Então siga-nos

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas