Publicidade

Após confusões com o Grêmio, Gallardo volta a “aprontar”, no grupo do Inter na Libertadores

Publicidade

Mesmo suspenso, o técnico Marcelo Gallardo, do River Plate, voltou a se envolver em confusões na Copa Libertadores, desta vez, no Grupo A da competição que tem o Inter como principal candidato a classificação ao lado dos argentinos.

Em 2018, na Arena do Grêmio, o treinador estava suspenso e acompanhava a partida contra o tricolor em um dos camarotes do estádio. Na oportunidade ele usou um comunicador para passar instruções ao time na beira do gramado e gerou uma grande confusão nos tribunais da Conmebol e uma grande indignação por parte dos torcedores do Grêmio.

Na oportunidade, o treinador foi multado e pegou 4 jogos de suspensão. O primeiro destes jogos deveria ser cumprido diante do Alianza Lima na última quarta-feira no Peru, mas ele novamente voltou a “pisar no escudo da entidade sul americana”.

Durante o segundo tempo, quando o River estava sendo derrotado pelo Alianza Lima por 1×0, Gallardo passou informações a um outro membro da comissão técnica que estava no camarote e este, usou um comunicador para passar as informações para algum membro que estava no banco de reservas. Imediatamente, o auxiliar técnico Matias Biscay, que comandava a equipe na partida, fez 2 substituições, tirando Quintero e Lucas Pratto do jogo.

A partida terminou empatada em 1×1 e um dia depois, o Alianza Lima entrou com um pedido a Conmebol para uma nova punição para o comandante.

Por: Rafael Wirzbicki

Comentários
Carregando comentários...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Conheça nossas políticas